Carregando
É possível viver sem frustrações ?

É possível viver sem frustrações ?

A Lógica da Esperança

Quando vivemos na esperança, esperamos que algo aconteça, em um tempo futuro. Porém, no futuro, não existimos, não agimos e não celebramos. Assim, ficamos passíveis, dóceis, aguardando. Esperando. O risco é que nos tornemos sujeitos com esperança de que o desejado se realize, sem que, para isso, empenhemo-nos. Todas as vezes em que isso acontecer, corremos o risco de nos frustrarmos quando o esperado não se realizar. Para agravar nossa idealização de um poder que não temos, eventualmente, o acaso realiza nossa esperança e reforçamos a ilusão de controle do incontrolável. Assim, a cada momento, é bom nos "des-esperarmos" e realizarmos tudo o que está, verdadeiramente, ao nosso alcance. A esperança e a cenoura: quando uma pessoa vive na lógica da esperança, jamais vive a felicidade possível. É como se a esperança fosse a cenoura na ponta da vara, que faz o burro andar. Vivemos esperando sermos felizes, mas essa felicidade idealizada afasta-se de nós na medida em que vamos buscá-la. A felicidade possível consiste em não esperarmos, mas desejarmos e realizarmos o que depende de nós. Para que esperar algo que não depende de nós? Esperamos o que não depende de nós para, algumas vezes, continuarmos idealizando a possibilidade de controle do incontrolável em nós e no mundo; para que não nos responsabilizemos pelo laborioso trabalho de realizarmos tudo o que depende de nós. Outras vezes, desejamos algo que sabemos que não se encontra dentro de nosso espaço de ação, e mesmo assim, seguimos desejando e portanto, esperando. O esperado poderá ser algo na direção da qual já realizamos tudo o que nos cabia, já esgotamos todas as nossas possibilidades de ação, mas não conseguimos obter o resultado. Nessas situações verificam-se duas atitudes. Em uma delas, a pessoa mantém-se desejando, consciente da limitação de sua potência de ação e "espera", no sentido de que "aguarda" que o acaso lhe providencie o resultado esperado. Na outra, tem fé, acredita na existência de um deus ou uma força transcendental que lhe providenciará a obtenção do esperado. É missão de cada um investigar, a cada cenário de esperança, "o que" e "para que" espera. Se a esperança produz bem-estar e alimenta a responsabilidade pelo próprio cuidado, ela estará contribuindo para a felicidade possível. Viver sem frustrações é deixar de viver na lógica da esperança para agir na construção do possível. É desconstruir as idealizações para construir a felicidade possível. Curso de abril na Bororó25 É possível viver sem frustrações? Dias 09, 23 e 30 de abril Quartas-feiras - às 19h30 Bororó25 - Vila Assunção bororo25@bororo25.com.br (51)96928185

Informações

Data do Evento 01/04/2014 - 01/04/2014
Duração h
Horário 19:00 - 22:00
Contato contato@bororo25.com.br
Telefones (51) 3346-6171 ou (51) 99692-8185

Inscrição

Este evento já foi encerrado