Carregando

Coletivo de Saúde Bororó25 - Um rizoma de almas

Coletivo de Saúde Bororó25 - Um rizoma de almas

08/07/2014
Carta Manifesto do Coletivo de Saúde Bororó25  

A Bororó25 é um coletivo de saúde que reconhece que o funcionamento humano é regido por forças do corpo-mente-alma, indissociáveis e primordialmente inconscientes. No caleidoscópio Bororó25 reúnem-se pessoas das mais diversas áreas do conhecimento e do fazer. Psico-análise, psicoterapia, medicina, psicopedagogia, sociologia, assistência social, fisioterapia, medicina ayurveda, odontologia, arquitetura, enfermagem, engenharia, geografia, música, letras, publicidade, direito, administração, cinema, fotografia, artes plásticas, pessoas das mais diferentes vivências. Todos nós acreditamos na possibilidade de nos fazermos felizes, e com esse propósito produzimos associações.

Alguns de nós trabalham no organismo concreto e material situado à rua Bororó, nº 25; outros muitos, na rede bororoense imaterial, mas não menos real. Virtualmente ou presencialmente produzimos encontros. Amplia-se cada vez mais nosso coletivo. A palavra escrita da Bororó25 – livros, e-books, blog – avança sorrateira por entre os muros. Contrabandeada de mão em mão, sussurrada entre bocas e ouvidos, leva o que temos de mais sagrado: conceitos-ferramentas esculpidos com um olhar poético sobre o viver.

Nos reconhecemos como um organismo rizomático[1], multidirecional, voltado à construção da felicidade possível. O rizoma Bororó25 é o testemunho vivo da força que emana do encontro, onde um mais um somos onze! O trabalho em grupo ou individual reforça o conceito de que ser rizomático é existir em plena potência de devir e de expansão em todas as direções. Produzir encontros frutíferos amplia a potência de nossas almas.

 Os bororoenses acreditam que é possível SE fazer feliz. E que SE fazer feliz é em ato uma arte, aprendida em uma prática que exige muita dedicação, coragem e vigor. SE fazer feliz é uma arte-técnica própria a cada sujeito. A construção de cada bem viver é tecida no coletivo das semelhanças e dessemelhanças de cada um consigo próprio e com os outros.

A Bororó25, depois de somar muitas e muitas horas de voo ouvindo pessoas, observando, investigando, conversando e participando da composição da ópera da vida de cada um de nós, descobriu, metaforicamente, um véu que encobria o funcionamento da alma humana. Usando um conjunto de conceitos e de ferramentas de gestão emocional, apresentou este funcionamento como os dez movimentos do Método Curação: estrutura e dinâmica.

A Bororó25 acredita que essa arte-técnica de bem-viver é uma prática de guerrilha. Uma guerrilha muito particular: a guerrilha da saúde. Entende também que esta prática revolucionária exige menorinhos curativos diários e ininterruptos. Quanto menores forem estas pequenas e triviais ações cotidianas de autocuidado, mais elas se tornam partículas leves de consciência e, por sua delicadeza, são contrabandeadas para a inconsciência sem maiores alardes.

A rede bororoense vive com a máxima atenção amorosa, a fim de que, cada um produza seu próprio sentido existencial de acordo com o código de valores privado de cada um, a cada momento.

A Bororó25 afirma que somos todos inaugurais e caleidoscópicos, organismos de pura potência em vir-a-ser. Somos todos repletos de ideias, de energia e de criatividade. Somos todos capazes de invenções! Temos todos – cada um de nós – habilidade, capacidade e potência para criar. Cabe-nos descobrir quem somos e do que somos capazes: em cada ato, nos autorizarmos e nos reconhecermos como artistas de nossa própria vida. Esta autorização e reconhecimento nascem do encontro entre os corpos-mentes-almas. Por isso é tão vital que nos acompanhemos de pessoas que comunguem de propósitos semelhantes aos nossos: o desejo consciente de SE fazer feliz.

Venha ser bororoense! Faça parte deste coletivo!

[1] Rizoma é uma planta com raízes subterrâneas que se espalham em todas as direções.

     

 
Compartilhe este artigo